Lucratividade de MPEs, na prática



Em primeiro lugar, a simples menção à palavra lucro, por si só, já origina diversos sentimentos para os gestores de negócios. Os sentimentos mais comuns são frustração e ansiedade. Isso acontece porque existem muitas crenças ou paradigmas criados em nossa mente imaginando o lucro sem conhecê-lo de verdade.


A maior confusão sobre a palavra lucro vem da confusão - sim, a repetição da palavra é para reforçar a ideia na sua mente - quanto à importância da matemática e do dinheiro em todos os aspectos da nossa vida, do econômico ao social.


É necessário deixar claro que a atividade de gerar lucro quer dizer: planejamento eficiente, gestão financeira eficaz e organização de processos na prática.

Então, antes de imaginar o lucro como um monstrinho verde e feio, o qual tem por objetivo representar o egoísmo dos empreendedores sobre suas metas e nada mais, a ganância de ver crescer o saldo bancário sem parar ou até mesmo a cobiça por fórmulas mágicas na geração de receita.. Vamos nos permitir ver o outro lado da moeda.

Você já pensou no impacto social positivo que a geração de lucro pelas MPEs (de acordo com o que falamos acima) traz para a vida das pessoas?


Se permitir estar presente e perceber quantos clientes, fornecedores, colaboradores, familiares e muitos outros podem ser afetados direta ou indiretamente por uma empresa, pode ser libertador para quem está muito focado somente na operação do negócio.

Na minha opinião, o pensamento abaixo rompe barreiras dentro da mente e do coração a respeito de ganhar dinheiro com os negócios. Isso porque representa milhões de razões para desmistificar o que acreditava-se ser um monstro verde, para perceber um verdadeiro herói dentro de cada empresa.


Deixo aqui essa frase, que me inspirou para que você possa refletir e tirar suas próprias conclusões.


Gerar lucro é um dever social.”

Geração de Valor


Kismara Ribeiro






9 visualizações1 comentário

Posts recentes

Ver tudo